12 de mai de 2006

Residência Arturo Felinto

A concepção desta residência foi um grande desafio para o escritório. A obra deveria ser implantada numa garagem nos fundos da residência dos pais do cliente. Devido ao fato de o terreno estar localizado em uma esquina, foi possível explorar a autonomia da edificação e optamos pela elaboração de uma residência totalmente independente e com uma linguagem própria.

A testada do terreno a ser trabalhada, voltada para o poente, não poderia ser mais desfavorável para as condições climáticas da nossa região. Era necessário proteger as áreas de maior permanência para obtermos a climatização desejada.
No térreo, foi lançado um terraço-garagem projetando-se à frente da sala para bloquear a irradiação solar. Para captar a ventilação predominante, descolamos a casa dos fundos, na porção leste, criando um pergolado, e um trecho vazado na parede sul.


No pavimento superior os quartos foram dispostos à leste, guarnecidos pelos banheiros e hall de circulação que serviram de anteparo solar.
A malícia do projeto estaria em como resolver a volumetria da fachada frontal(oeste) sem deixá-la cega e pesada. O contraponto às linhas predominantemente retas do conjunto foi obtido ao projetarmos a circulação do pavimento superior para o solarium, criando um hall semicilíndrico. Este volume foi valorizado através de um tratamento especial com uma textura em sisal misturado à massa acrílica.


A volumetria já possuía uma linguagem expressiva, mas o equilíbrio de cheios e vazios só se deu plenamente quando conseguimos persuadir o cliente a vazar os volumes dos banheiros com quatro aberturas quadradas eqüidistantes entre si. A privacidade destes ambientes foi preservada com o uso de vidros jateados nas esquadrias, garantindo a opacidade das aberturas, permitindo apenas a passagem da luz.

Por fim definimos uma mureta no solarium que faz a clara separação entre as duas edificações. As duas residências se intercomunicam entre si através de um pequeno portão na lateral da nova casa.

O resultado alcançado foi fantástico, pois além de superarmos todas as expectativas do cliente tivemos o prazer de tornar um trabalho pequeno numa grande obra com características bastante peculiares.


Ficha técnica
Arquiteto: Oliveira Júnior
Construção: Cimol
Estrutura: Aurélio Marcolino
Complementares: Assis Moura
Fotos: Cacio Murilo
Local: João Pessoa/PB
Área construída: 134,50m2
Ano do projeto: 1995
Conclusão da obra: 1996

2 comentários:

  1. Your are Excellent. And so is your site! Keep up the good work. Bookmarked.
    »

    ResponderExcluir
  2. Valeu Oliveira Júnior,

    É muito bom acompanhar sua evolução profissional ao longo desses anos. O Projeto da agência de publicidade é uma constatação desse comentário, nele constatamos muita criatividade, modernidade e arrojo. Parabéns.

    ResponderExcluir